Júnior Pimenta – BR/CE

Júnior Pimenta. Vive e trabalha em Fortaleza. Atualmente, cursa o Mestrado em Artes na UFC. Realizou as exposições individuais: “Âmago”, Sala Nordeste-FUNARTE, Recife-PE; e “Estação Cabo Branco”, João Pessoa-PB; Centro Cultural Banco do Nordeste, Fortaleza-CE, com curadoria de Ana Cecília Soares. Em 2014, realizou “Descaminhos”, no Museu de Arte Contemporânea, Dragão do Mar, Fortaleza-CE, com curadoria de Marisa Flórido. Participou de coletivas, entre elas: “67º Salão de Abril”; “Spa das Artes”; “Hacia un arte del encuentro dos”, em Buenos Aires; “Transpondo o olhar”, UFES, Vitória –ES; “Fora do eixo”, Galeria UNB, Brasília-DF; “Lugares, ações e processos”, Centro Hélio Oiticia, UFRJ, RJ; “Carneiro”, MAC-CE, Fortaleza; “Performance em encontro”, SESC-SP, Campinas; “Triangulações”, Galeria UFG, Goiânia / MAM, Salvador-BA e MAC-CE, Fortaleza.

Recebeu o “Grande Prêmio do 67° Salão de Abril”, 2016, e participou de residências como: “Residência En la tierra”, Quindio, Colômbia e “Residência em sete, Dança no andar de cima”, Fortaleza.

Além de sua produção artística, realizou alguns projetos curatoriais, dentre eles estão: “Refrações na paisagem”, exposição coletiva, no Dragão do Mar, Fortaleza-CE; “Rito Resigno”, no Centro Cultural Banco do Nordeste, Fortaleza-CE.

Pimenta possui obras em acervo das seguintes instituições: Museu de Arte Contemporânea do Ceará – Dragão do Mar, Fortaleza-CE; Centro Cultural Banco do Nordeste, Fortaleza- CE e Centro Cultural São Paulo. Além de ser editor da revista Reticências…, que atua como espaço de reflexão sobre a produção contemporânea, com foco na produção brasileira e latinoamericana. Também compõe o conselho editorial da revista Arte ConTexto de Porto Alegre e Revista Canguru de Curitiba.