Fábio Leão

 

 

Fábio Leão, nascido em Arapiraca, AL, Brasil, 1975. Formou-se em Comunicação Social pela Universidade São Judas Tadeu, São Paulo em 1997. Vive e trabalha em São Paulo. Atuou como redator publicitário de 1999 a 2011, e em paralelo desenvolveu seu trabalho artístico, participando de diversas atividades de formação artística, entre as quais, o 38º Procedência e Propriedade, com Charles Watson, no Ateliê Mundo Novo, Rio de Janeiro; “Arte Contemporânea”, com Pedro França, no MAM/SP e acompanhamento de trabalho com Franz Manata, professor da EAV Parque Lage. Atualmente faz parte do grupo de acompanhamento de projetos do Hermes Artes Visuais, com orientação dos artistas Nino Cais e Marcelo Amorim. Pesquisa conceitos relativos à percepção e representação da realidade e investiga possíveis relações entre arte, arquitetura, design e ciência. Propõe novas formas de representação que evitam os artifícios da tradição naturalista. Em 2015 ganhou o prêmio Aquisição da Bienal de Las Fronteras, coleção do Museo de Arte Contemporaneo de Tamaulipas – Instituto Tamaulipeco para a cultura e as artes, conselho nacional para a cultura e as artes, México. Em 2014 participou das residências artísticas “MacDowell Colony Fellowship”, nos EUA e “Obras em Construção”, na Casa das Caldeiras em São Paulo. Nesse mesmo ano, participou da coletiva “The Knowledge Within a Line”, na Pinta London Art Fair, em Londres. Em 2013 foi um dos premiados do Salão dos Artistas sem Galeria. Nesse mesmo ano, ganhou o Prêmio Aquisição no Futuro Salão Nacional de Artes Visuais de Jundiaí, Arte Contemporânea e Novas Tecnologias, participou da exposição “Arte e Design”, na Torre Santander, em São Paulo, com curadoria de Rejane Cintrão e, entre outras mostras, realizou a exposição individual “Deslocamentos”, na Galeria Cañizares da Escola de Belas Artes da UFBA, em Salvador. Em 2012 ganhou o Prêmio “Olho Latino” devido à sua participação na 6ª Bienal do Esquisito. Entre suas atividades artísticas, destacam-se ainda as exposições coletivas “Atelier Aberto”, no Instituto Tomie Ohtake, em 2004; e o III Prêmio Michelângelo de Pintura Contemporânea, no Centro Cultural São Paulo, concurso em que foi o primeiro colocado, sendo premiado com uma viagem a Paris.

 

www.fabioleaoarte.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s